Sem categoria

Campeonato Baiano de Baleado fará sua quinta zonal na cidade de Jequié, em 27 de novembro

Campeonato Baiano de Baleado fará sua quinta zonal na cidade de Jequié, em 27 de novembro

A quinta e penúltima etapa do Campeonato Baiano de Baleado está marcada para o próximo dia 27 de novembro, em Jequié, no Complexo Educacional Poliesportivo Aníbal Brito. Esta e muitas outras agendas do futuro dessa modalidade esportiva pautaram a reunião mantida na manhã desta terça-feira, 01 de novembro, entre a Diretoria da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), e o presidente da Federação de Baleado da Bahia, Mateus Solano.

Com as etapas organizadas no formato de zonal, para facilitar o deslocamento das equipes masculinas e femininas participantes, a competição iniciou em julho último e já cumpriu agenda em Jacobina, Salvador, Santa Bárbara e Feira de Santana.

Após Jequié, o próximo município a sediar jogos será Castro Alves, no dia 04 de dezembro, sendo uma etapa de repescagem com participação das equipes que conquistaram 3º e 4º lugares nas zonais. As equipes que ficarem em primeiro lugar em Castro Alves irão se somar às vencedoras do primeiro e segundo lugares de todas as zonais para disputa do jogo final agendado para o dia 11 de dezembro, em Feira de Santana.

Na conversa mantida com o presidente da federação, o diretor-geral e o chefe de Gabinete da Sudesb, respectivamente Vicente Neto e Diogo Rios, trataram de possíveis apoios da autarquia do esporte em eventos futuros da modalidade, como a realização, em Salvador, do Circuito Baiano de Baleado. Agendado para março, o torneio, apesar do nome, é aberto a equipes da modalidade de todo o país.

Na pauta do encontro, também foi avaliado o possível apoio da Sudesb à Copa Brasil de Baleado. Caso se confirme, essa seria a primeira vez que o estado baiano irá sediar um campeonato nacional da modalidade. Pelo calendário de 2023, a Copa Brasil acontecerá em junho.

Mulheres – Com forte participação de mulheres na Bahia – as equipes femininas representam 80% no estado –, a modalidade tem, até a presente data, 110 equipes cadastradas. Com 12 equipes (quatro masculina e oito femininas), Feira de Santana é o município onde a prática da modalidade é em maior número, seguido de Salvador, que tem oito equipes femininas e duas masculinas. Em terceiro lugar em números de praticantes, aparece a cidade de Jacobina, onde seis equipes de baleado estão organizadas – cinco femininas e uma masculina.

“A Bahia é um dos estados brasileiros onde a modalidade do baleado está mais organizada. Das 110 equipes baianas identificadas e cadastradas até o momento, 32 estão federadas. Nossa meta é ampliar o número de equipes associadas”, afirmou o presidente Mateus Mônaco, que na oportunidade agradeceu o apoio do Governo do estado ao desenvolvimento e crescimento da prática do baleado em várias regiões baianas.

Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.