Sem categoria

Com Taíse Galvão, reuniões confirmam Salvador como candidata a cidade-sede da Copa do Mundo Feminina

Com Taíse Galvão, reuniões confirmam Salvador como candidata a cidade-sede da Copa do Mundo Feminina

A CBF oficializou em abril deste ano a candidatura do Brasil a país-sede da Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2027. Serão dez cidades-sede inscritas para receber os jogos caso o país vença a disputa.

E quem não poderia ficar de fora é Salvador, a primeira capital do Brasil e destino de milhões de turistas anualmente. Afinal, a “Boa Terra” foi destaque na Copa do Mundo masculina em 2014, quando a Arena Fonte Nova ficou conhecida como a “Arena dos Gols” ao receber seis jogos com total de 24 gols, uma média de 4 por partida. 

A oficialização da candidatura de Salvador aconteceu nesta terça-feira (26), em duas reuniões realizadas com o Governo do Estado e a Prefeitura da Capital. A Federação Bahiana de Futebol participou dos dois encontros com a Diretora de Competições, Taíse Galvão.

A primeira reunião aconteceu na Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia (Setre), que recebeu uma comissão da CBF, composta pelo Secretário Geral da entidade, Alcino Rocha, e pela Coordenadora Geral da Comissão para Candidatura do Brasil, Jacqueline Barros. Pelo Governo do Estado, participaram o Secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães, o Diretor Geral da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), Vicente Neto, o Chefe de Gabinete da Sudesb, Diogo Rios, e o Coordenador de Políticas Sociais, Antônio Assis.

Já com a Prefeitura, o encontro foi na Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer, com o titular da pasta, Júnior Magalhães, e o Diretor da Prefeitura Bairro Centro/Brotas e também membro da Comissão de Ética da CBF, Alan Muniz.

Após a confirmação da candidatura, Alcino Rocha elogiou a cidade. ““Pra nós não é difícil porque temos toda a estrutura da Copa realizada no Brasil. Poderíamos fazer em 15 cidades, mas só podemos indicar dez e Salvador não pode ficar de fora. A candidatura do Brasil é uma candidatura para ganhar”, disse o Secretário Geral da CBF.

Já Taíse Galvão comemorou e destacou a importância da candidatura. “Estamos confiantes na possibilidade de o Brasil ser escolhido para sediar a Copa do Mundo de Futebol Feminino 2027, e Salvador sendo uma das cidades-sede seria um privilégio. Não apenas devido à paixão contagiante pelo esporte ou ao histórico de celebrações memoráveis, mas principalmente por ser um lugar onde cultura, música e futebol se unem de forma única. Essa oportunidade não representaria apenas um evento esportivo de grande magnitude, mas também um impulso para o desenvolvimento do futebol feminino em todo o país”.

Além do Brasil, outros seis países apresentaram candidaturas e disputam a escolha de sede do Mundial de 2027. São eles Estados Unidos e México, pela Concacaf, Alemanha, Bélgica e Holanda, pela UEFA, e a África do Sul.

A escolha será feita pelas 211 associações de futebol que compõem a FIFA. A eleição será realizada no dia 17 de maio de 2024, durante o Congresso anual da entidade, em local ainda a ser definido.

Divulgação: FBF

Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.