Atletismo

Isaac Edington “Estamos dando, em 2022, o pontapé inicial para esta comemoração”

Isaac Edington “Estamos dando, em 2022, o pontapé inicial para esta comemoração”
Betto Jr/Secom

Com 42 quilômetros a serem cumpridos em 12h, a Ultramaratona da Independência, lançada pela Prefeitura nesta terça-feira (24) e marcada para o dia 2 de Julho, celebra a retomada do calendário de eventos de Salvador, nesse período após as restrições da pandemia da Covid-19. Os detalhes foram apresentados pelo prefeito Bruno Reis e pelo presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington, durante solenidade realizada no Teatro Gregório de Mattos (TGM), no Centro.


O presidente da Saltur, Isaac Edington, ressaltou a satisfação pela Prefeitura conseguir retomar as atividades da plataforma de eventos, no dia da considerada data magna da Bahia e uma das mais importantes do país, como preparação para a celebração do bicentenário da Independência do Brasil na Bahia, em 2023.

“Estamos dando, em 2022, o pontapé inicial para esta comemoração. Temos uma prova radical, com 12h de competição, associando a garra e a resistência do soteropolitano e ao mesmo tempo posicionando Salvador como importante destino de corrida de rua, oferecendo belas paisagens, música, provas individuais, em dupla e quarteto, com revezamento a cada seis horas de evento. Dessa forma é possível agregar famílias e amigos, numa festa para toda a cidade”, completou Edington.

“Por ser um evento novo e desafiador, é de grande importância para o turismo, pois atrai pessoas de diversas regiões, as famílias soteropolitanas e o comércio local. Atletismo é a base para todos os esportes. É um evento certeiro, que trará muitas contribuições para a cidade”, afirmou o presidente da FBA, Antônio Luiz Paranhos.

Esta é mais uma competição de corrida de rua promovida pela Prefeitura que, em 2017, lançou a Maratona Salvador. O evento chegou a reunir mais de cinco mil corredores vindos de todo o país até a capital baiana e foi suspenso desde 2020 em função da crise sanitária provocada pelo coronavírus. A estimativa é que a iniciativa volte a acontecer este ano.

Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.