Futebol Vitória

Vitória cria Departamento de Saúde e Performance e a função de coordenador científico

Vitória cria Departamento de Saúde e Performance e a função de coordenador científico

Com objetivo de se reestruturar e continuar se modernizando para acompanhar a evolução esportiva, o Vitória decidiu criar o Departamento de Saúde e Performance. Para comandar o departamento, o fisiologista Rafael Daltro passa a exercer o cargo de coordenador científico.

Dentre as funções do novo departamento destacam-se: facilitar o fluxo de informações, buscar uma melhor transdisciplinariedade entre o Departamento de Saúde e Performance e a Comissão Técnica, com a finalidade de otimizar os resultados e a intercomunicação com os setores e gerar a integração das áreas de conhecimento humano que lidam com saúde e alto desempenho.

Caberá ainda ao Departamento de Saúde e Performance pesquisar e buscar novas tecnologias do esporte para o clube e uniformizar procedimentos e diretrizes, estimulando o desempenho e a produtividade dos departamentos envolvidos no processo.

No Vitória desde 2017 trazido pelo fisiologista Valter Abrantes para integrar a equipe do então técnico Vagner Mancini, Rafael Daltro é um profissional experiente na área, com passagens por alguns clubes e que está preparado para o novo desafio:

“Me sinto lisonjeado de poder em conjunto com todos os departamentos que constituem o setor de saúde e performance do clube, desenvolver processos baseado em dados e ciências do esporte, melhorando a comunicação e a integração com a comissão técnica”, afirma.

Desde a chegada do presidente Fábio Mota, o clube investiu em torno de R$300 mil em tecnologia com a compra de modernos equipamentos para os departamentos médico, fisioterapia, fisiologia e nutrição, e que irão auxiliar o

Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.